11 de janeiro de 2018 às 17:45

Lynk vende 45 carros por segundo

Nova marca chinesa pertencente à Gelly esgotou o primeiro lote em menos de dois minutos

 

A Lynk, montadora chinesa de propriedade da Geely (que também é dona da Volvo), lançou seu primeiro carro com um tremendo sucesso. Na verdade, o utilitário esportivo ainda nem foi lançado, a empresa apenas abriu o livro de reservas na internet: em 132 segundos esgotou-se a produção inicial de seis mil unidades.

Apresentado no Salão de Shanghai em novembro último, o Lynk será vendido apenas na China inicialmente e lançado na Europa em 2019 e nos Estados Unidos em 2020. As reservas se esgotaram num ritmo de 45 unidades por segundo. Os preços ficaram entre US$ 24 mil e US$ 30 mil, dependendo dos pacotes de equipamentos.

Quando iniciar as vendas fora da China a Lynk já terá mais três modelos no portfólio e planeja vender 500 mil carros em 2020.

Alain Visser, vice-presidente da empresa, citado pela Agência Flash de Motor, disse que a filosofia da nova montadora é estabelecer novos parâmetros culturais de venda e de patrimônio do veículo.

“Queremos romper as barreiras da propriedade dos veículos. Nossa política de preços fixos, modelo de assinatura, conectividade gratuita e garantia vitalícia eliminam os detalhes chatos e complicados, permitindo que o cliente se concentre na parte divertida do carro", disse o dirigente.

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo