11 de julho de 2018 às 20:07

Motorista envolvido em acidente com George Clooney culpa o sol pela batida

O encanador Antonello Viglino, 65, motorista que causou o acidente que por milagre não matou George Clooney nesta terça (10), afirmou que não viu a moto do ator vindo em sua direção porque o sol estava tapando sua visão no momento do acidente.

O encanador Antonello Viglino, 65, motorista que causou o acidente que por milagre não matou George Clooney nesta terça (10), afirmou que não viu a moto do ator vindo em sua direção porque o sol estava tapando sua visão no momento do acidente.

O italiano, que dirigia a trabalho em direção a uma vila na ilha da Sardenha, contou sua versão dos fatos ao jornal local Il Giornale. Conforme vídeo divulgado pelo italiano Corriere Della Sera, o acidente ocorreu após a Mercedes de Antonello invadir subitamente a contramão da pista para realizar uma conversão à esquerda.

Uma primeira moto, dirigida por um segurança de Clooney precisou desviar do veículo. A segunda, com Clooney, não teve a mesma sorte e se chocou com o veículo violentamente a cerca de 96km/h.

Com a violência do impacto, o ator bateu com o capacete no para-brisa e, em seguida, foi arremessado a cerca de seis metros de altura antes de cair no asfalto.

"Eu não vi nada, tinha o sol nos meus olhos. Estava prestes a virar e acabei cruzando a linha", admitiu o motorista. "Estou chateado, não tenho vontade de ir trabalhar. Me disseram que ele estava sendo tratado. Queria vê-lo, mas quando eu estava saindo ele já havia deixado o hospital. Vou tentar vê-lo de novo, se ele ainda quiser", afirmou Viglino.

Segundo relatos, o encanador ficou chocado com o acidente e prestou os primeiros socorros junto dos seguranças de Clooney, que logo o avisaram quem ele havia acabado de atingir.

Uma testemunha, Gianni Visciano, disse que Clooney "estava gritando e, quando um de seus acompanhantes tirou o capacete, ele parecia incapaz de mover as pernas".

Momento em que George Clooney recebe atendimento após acidente na Itália Imagem: Ciaopix/Frezza Lafata/Backgrip

Sergio Gavazzi, proprietário de um café nas proximidades, afirmou que o acidente causou uma grande confusão no local. "Carros estavam na fila quando as pessoas pararam para olhar. Um dos acompanhantes de Clooney gritou: 'Sem fotos e celulares!'."

Segundo uma fonte ouvida pelo MailOnline, o astro estava dirigindo de sua casa em Puntaldia rumo ao set da minisérie "Catch-22", em Capo Ceraso, Ólbia, uma região turística e com vias de trânsito intenso. O acidente aconteceu por volta das 8h da manhã.

Apesar da violência da batida, George Clooney sofreu apenas escoriações na pélvis, quadril e joelho, recebendo alta duas horas depois de chegar ao hospital Giovanni Paolo II. Ele precisará ficar 20 dias em repouso, o que deve atrasar as filmagens de "Catch-22".

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo