10 de julho de 2018 às 15:04

Procuradoria concorda com pedido da PF para mais prazo em inquérito de Temer

Em manifestação entregue ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta terça-feira (10), a PGR (Procuradoria-Geral da República) afirmou concordar com o pedido da Polícia Federal para que um dos inquéritos contra o presidente Michel Temer (MDB) seja prorrogado

Crédito:Presidência da República

Presidência da República

Em manifestação entregue ao STF (Supremo Tribunal Federal) nesta terça-feira (10), a PGR (Procuradoria-Geral da República) afirmou concordar com o pedido da Polícia Federal para que um dos inquéritos contra o presidente Michel Temer (MDB) seja prorrogado por mais 60 dias.

A investigação, conhecida como inquérito dos Portos, apura suspeitas de que Temer poderia ter recebido propina de empresas do setor em troca de medidas favoráveis a elas na regulamentação do setor portuário.

Esse inquérito foi aberto em setembro do ano passado, a partir das delações premiadas da JBS. O ministro Barroso já autorizou por duas vezes a prorrogação das investigações, em fevereiro e maio deste ano.

O presidente tem negado qualquer tipo de prática irregular.

O inquérito é relatado no STF pelo ministro Luís Roberto Barroso.

O ministro ainda não decidiu sobre o pedido para conceder mais prazo às investigações.

O presidente é alvo de um segundo inquérito em tramitação no STF, que apura suspeita de irregularidades em repasses da Odebrecht ao MDB.

Fonte: UOL

comentários

Estúdio Ao Vivo