31 de dezembro de 1969 às 21:00

Segundo turno na República Tcheca terá candidato pró-Rússia contra rival pró-Europa

PRAGA - O atual presidente da República Tcheca, o pró-Rússia Milos  Zeman, venceu neste sábado (13) o primeiro turno das eleições para chefe de Estado, e enfrentará no segundo turno, nos próximos dias 26 e 27, o rival pró-Europa, Jiri  Drahos.

Crédito:Patrick Kovarik/AFP

Patrick Kovarik/AFP

O atual presidente da República Tcheca, Milos Zeman, que saiu na frente no primeiro turno nas eleições do país e tem como oponente Jiri Drahos

PRAGA - O atual presidente da República Tcheca, o pró-Rússia Milos  Zeman, venceu neste sábado (13) o primeiro turno das eleições para chefe de Estado, e enfrentará no segundo turno, nos próximos dias 26 e 27, o rival pró-Europa, Jiri  Drahos.

Zeman obteve 38,56% dos votos no primeiro turno, realizado ao longo de dois dias, enquanto Drahos ficou com 26,60%, segundo o escritório de estatísticas tcheco.

Apesar da diferença, o analista político Jiri  Pehe prevê "uma disputa acirrada". Segundo uma pesquisa, Drahos, 68, criticado por sua falta de experiência política, poderia vencer no segundo turno. "Milos  Zeman terá um problema enorme. Está claro que os outros candidatos votarão em Drahos no segundo turno", estimou Pehe.

O pró-Europa disse que espera obter "os votos dos que não votaram em Milos  Zeman" no primeiro turno. Zeman tem o apoio dos setores rurais e dos trabalhadores manuais, enquanto Drahos é o preferido dos setores intelectuais urbanos.

Segundo estimativas da agência CTK, o índice de participação no primeiro turno foi de 60%, resultado semelhante ao da eleição presidencial de 2013, a primeira por voto universal direto.

Fonte: AFP

comentários

Estúdio Ao Vivo