https://melhorfm.com.br/feed/

Após 123 dias acorrentado, casal se liberta e termina relacionamento

Um casal de namorados ucraniano, que ficou famoso por se acorrentar, terminou o relacionamento justamente após colocar fim ao estranho experimento. Assim que cortaram a corrente, em uma cerimônia em Kiev, capital da Ucrânia, os dois encerraram o namoro alegando que estavam “finalmente livres”.

Viktoria ‘Vika’ Pustovitova, 29 anos, e Alexander ‘Sasha’ Kudlay, 33, ficaram presos 123 dias ao todo, e diziam que estavam vivendo como “gêmeos siameses”. A tesoura industrial que cortou a corrente que os prendia também marcou o fim do romance.

“Quero viver minha própria vida independente e crescer como uma pessoa independente”, disse Vika.

Passada a alegria da separação, eles começaram a explicar como o amor acabou — e pelas respostas, ficou-se com a impressão de que se acorrentar não passou de uma mera experiência midiática boba.

“Veja, agora estamos distantes um do outro. Éramos felizes e agora estamos felizes por ter passado por essa experiência em nossas vidas”, disse Sasha, para um grupo de jornalistas que foi à cerimônia, no mesmo local onde os dois se acorrentaram.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *