https://melhorfm.com.br/feed/

Após denuncia de abuso sexual no rodeio de Limeira, Prefeitura se reúne com organizadores do evento

Após diversas denúncias de possíveis crimes ocorridos durante o Limeira Rodeo Music no último final de semana, a prefeita em exercício de Limeira, Erika Tank, comandou uma reunião no início da noite desta segunda-feira (20), com os responsáveis pelo Rodeio de Limeira. O objetivo do encontro foi o de ajustar algumas situações para a segunda etapa da festa, prevista para acontecer no próximo final de semana. “Estamos requisitando dos organizadores algumas providências relacionadas com a estrutura e a segurança da festa, esperando que eles nos atendam”, explicou Erika. Representante do evento, Matheus Calil participou da reunião, ao lado de outros dirigentes da festa.

Participaram os secretários municipais, Daniel de Campos (Assuntos Jurídicos), José Aparecido Vidotti (Fazenda), Wagner Marchi (Segurança e Defesa Civil), Rodrigo Oliveira (Mobilidade Urbana) e Sérgio Moreira (Comunicação Social), além da diretora de Vigilância à Saúde, Renata Martins, e a coordenadora da Vigilância Sanitária, Carolina De Narde Duarte.

Durante o encontro, os secretários e a Vigilância Sanitária requisitaram algumas melhorias na realização do evento quanto à estrutura, como a instalação de mais banheiros, por exemplo. Um outro item abordado foi a questão da segurança, com pedido de reforço.Os organizadores afiançaram que vão adotar medidas para aperfeiçoar a festa e atender aos pedidos da Prefeitura. O alvará autorizando a festa não foi cancelado.

Um dos casos mais graves, foi de uma adolescente, de 17 anos, que disse à polícia que foi abusada sexualmente no banheiro por um falso segurança, durante o evento da última sexta-feira (17). Ela relatou que foi até a região dos banheiros feminino e que um homem, se passando por segurança, disse que havia outro sanitário sem filas. Momento em que a jovem acompanhou o homem e foi abusada sexualemnte.

Ela passou por exames médicos na Santa Casa de Limeira e o caso será investigado pela Polícia Civil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *