https://melhorfm.com.br/feed/

Cinco projetos são aprovados na sessão ordinária da Câmara de Limeira

Lei do entretenimento, área de descanso para motociclistas e Cultura Racional foram temas da Tribuna Livre

Foto: Câmara Municipal de Limeira

Na sessão ordinária desta segunda-feira, 11 de setembro, a Câmara Municipal aprovou cinco projetos que estavam na pauta da Ordem do Dia. Durante o Expediente, parte da sessão em que todos os documentos protocolados são lidos, foram discutidos requerimentos e votadas moções. 

Já a Tribuna Livre, momento destinado ao uso da palavra por munícipes para discorrer sobre assuntos de interesse da cidade, foi ocupada por David de Souza, que falou sobre a legislação que regulamenta o funcionamento de estabelecimentos voltados ao entretenimento, por Antônio Augusto das Neves, para falar sobre áreas de espera para motociclistas, e Carlos Tadeu, que discorreu sobre a Cultura Racional. Confira as falas na íntegra no link.

Tribunas

David de Souza usou a Tribuna representando bares e restaurantes para falar sobre a legislação municipal que rege os estabelecimentos de entretenimento, que segundo ele está dificultando a manutenção do funcionamento destes comércios. “A fiscalização nos coloca como inimigos. Estamos sendo marginalizados, mas somos trabalhadores, precisamos que o poder público nos ajude”. O orador pediu uma reunião com os vereadores para apresentar uma proposta de alteração nas leis municipais sobre a categoria.

Já Antônio Augusto das Neves, motorista de caminhão aposentado, usou o espaço para falar sobre a necessidade de instalação de áreas de espera para motociclistas em algumas vias da cidade. Ele pontuou que a sinalização de solo minimiza a disputa por espaço entre carros e motos e promove mais segurança no trânsito e já é utilizada em outras cidades do país.

Encerrando a participação popular na sessão, Carlos Tadeu de Souza falou sobre a cultura do desenvolvimento do raciocínio da humanidade. Ele convidou a população para acompanhar uma apresentação da Banda Nacional Universo em Desencanto no próximo domingo, 17 de setembro, às 10h, com saída em frente a APAE, para comemorar o 33º aniversário da Cultura Racional no município. Ele também discorreu sobre a evolução dos seres humanos ao longo dos séculos e sobre os fundamentos da cultura racional. “Cultura Racional não é ciência, não é seita e não é religião, e sim a cultura do desenvolvimento da humanidade”, destacou. 

Confira como foi a votação:

Adiado – Projeto de Lei Nº 85/2022, do vereador Marco Xavier (Cidadania), perpetua o nome de Marcelo Eduardo Hencklein na Rua Projetada quatorze no loteamento Colinas do Engenho II.

Aprovado – Projeto de Decreto Legislativo Nº 14/2022, do ex-vereador José José Roberto Bernardo, concede o Título de Cidadão Limeirense a Wagner Rogério de Almeida Marchi pelos serviços prestados à população de Limeira.

Aprovado – Projeto de Lei Nº 61/2023, do vereador Helder do Táxi (MDB), perpetua o nome de Sumara Aparecida Oki de Almeida Inácio na Área Verde X da quadra X do loteamento Jardim Residencial Walter Lúcio Peccinini, com frente para a Avenida Projetada 2A/2B/2C, s/nº, e parte da Rotatória Projetada 2 do loteamento Village Limeira. 

Aprovado – Projeto de Lei Nº 54/2023, da vereadora Isabelly Carvalho (PT), dispõe sobre a instituição da Semana Municipal de Encontros e Batalhas de Rimas e Batalhas do Movimento de Poesia Falada (SLAM).

Aprovado – Projeto de Lei Nº 97/2023, do vereador Betinho Neves (PV), reconhece o Cordão de Girassol como instrumento auxiliar de orientação para identificação de pessoas com deficiências ocultas para fins de atendimento prioritários.

Aprovado – Proposta de Emenda à Lei Orgânica Nº 3/2022, do vereador Jorge de Freitas (PSD), altera a Lei Orgânica Municipal, para permitir a apresentação pela internet de propostas de iniciativa popular.(2º turno de votação).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *