https://melhorfm.com.br/feed/

Limeira intensifica fiscalização a comércios e serviços não essenciais

A Prefeitura de Limeira, com a Guarda Civil Municipal (GCM) e Polícia Militar (PM), vem intensificando a fiscalização a estabelecimentos que não podem abrir enquanto vigora no município o faseamento vermelho do Plano São Paulo. São permitidas apenas atividades essenciais, visto que os leitos hospitalares estão próximos de lotação máxima no município: 89,3% das UTIs de Limeira estão ocupadas. Na Unidade de Referência Coronavírus (URC), por exemplo, resta apenas uma vaga desse tipo. O Jardim Residencial Ernesto Kühl tem sido alvo de diversas denúncias sobre funcionamento irregular de comércios e aglomerações, comunicadas aos canais oficiais 153 (GCM), 156 (Prefeitura) e 190 (PM). Na tarde desta quinta-feira (23), equipes de fiscalização estiveram na região e orientaram comércios e trailers a encerrarem suas atividades.Durante o período noturno, também teve operação. Com a presença de viaturas pelo bairro, aglomerações não foram verificadas. A Polícia Militar permaneceu na região entre 19h e 1h, com oito equipes e 24 PMs. A Guarda Civil Municipal permaneceu no local entre 1h e 4h30, com sete equipes e 14 GCMs. O comando da operação esteve a cargo do Supervisor Hansen (GCM) e Tenente Bruno (PM).Na semana passada, as equipes dispersaram uma aglomeração de grande volume referente ao chamado “pancadão do Khül”. Na ocasião, além de pessoas sem máscaras, vários trailers e barracas vendiam bebidas alcoólicas. As forças de segurança continuam trabalhando para impedir novos eventos dessa natureza e informam que voltam a fiscalizar o bairro nos próximos dias, principalmente enquanto a cidade passa por lockdown (fechamento total).QUARTA-FEIRANa quarta-feira (22), uma academia, localizada no Jardim Nossa Senhora de Fátima, estava aberta durante a noite. Fiscais da Prefeitura, com apoio da GCM, estiveram no local, após receberem a denúncia, mas a proprietária impediu a ação de fiscalização, por isso foi autuada. A equipe chegou ao local às 18h15, e somente às 21h conseguiu entrar na academia, que já estava vazia. No entanto, seis pessoas foram flagradas antes dentro do espaço e foram qualificadas pela GCM – elas saíram por uma outra porta, nos fundos.Enquanto os fiscais aguardavam para dar prosseguimento à fiscalização, diversos proprietários de academias e educadores físicos chegaram ao local em apoio ao estabelecimento alvo da ação. Cerca de 50 pessoas aglomeraram em frente à academia – inclusive, enquanto uma equipe de reportagem acompanhava a ação, os manifestantes hostilizaram o cinegrafista e a GCM precisou intervir. A Força Tática da Polícia Militar também foi acionada.Após essa ação, os fiscais, com apoio da GCM, estiveram em uma área de lazer do Jardim Santo André. No local, alvo de denúncia, foram encontrados oito jovens realizando uma festa. O organizador foi multado em R$ 1 mil, enquanto o proprietário do imóvel recebeu multa de R$ 2 mil, por ser reincidência. As equipes também estiveram na região do Jardim Ernesto Kühl, também com apoio da PM, onde dois trailers foram orientados a fechar – pois não poderiam estar abertos, mesmo para delivery, após as 22h.BEBIDAS ALCOÓLICASAs ações de fiscalização quanto à proibição de comercialização de bebidas alcoólicas, quentes ou geladas, também começaram na quarta-feira (22). Os fiscais estiveram em diversos locais e constataram o cumprimento do Decreto Municipal 257/2020. Pelo documento, a venda desses produtos entre 18h e 8h é proibida e o estabelecimento é interditado caso seja flagrado comercializando bebidas. As fiscalizações seguirão nos próximos dias.(Imagens: Divulgação/GCM)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *