https://melhorfm.com.br/feed/

Menina de 3 anos diz ter recebido tapas de uma de suas professoras e mãe presta queixa na Delegacia em Limeira

Igor Sedano / Melhor FM

Na noite desta segunda-feira (25), uma mulher, de 39 anos, procurou o Plantão Policial de Limeira (SP) para registrar um caso de agressão física que aconteceu na última sexta (22) com sua filha, de 3 anos, na creche municipal que frequenta. 

Segundo as informações do boletim de ocorrência, a mãe da criança diz ter percebido a filha chegar em casa na sexta-feira brava e irritada. Como ela não apresenta normalmente um comportamento agressivo, isso lhe causou estranheza. 

Na Delegacia, junto da mãe da vítima, a tia, de 31 anos, disse que conversou com ela naquele mesmo dia e tentou tranquilizá-la. Ao questioná-la se havia algo de errado, a menina acabou contando que “a tia” da escola tinha batido nela. 

Conforme as informações do boletim, a criança não soube dizer qual professora ou monitora tinha a teria agredido com dois tapas. A mãe da vítima relatou ainda que sempre que a menina fala sobre o assunto ela acaba chorando e relatou aos policiais que até chegou a ter febre. No boletim consta que não houve lesões no corpo da criança.

Além disso, a mulher disse que através de um grupo de WhatsApp, ela e a tia da vítima fizeram contato com a diretora da escola e que a responsável afirmou que a menina teria se envolvido em uma briga com outra aluna. Para os policiais, a diretora forneceu cópias da queixa e da ata da reunião, porém, não entregou uma cópia dos relatórios das professoras e monitora da sala da menina.

Depois de registrar o boletim no Plantão Policial, a mãe da criança solicitou a transferência dela para outra unidade escolar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *