https://melhorfm.com.br/feed/

Mulher sofre agressão física e ameaça via WhatsApp por conta de demora na entrega no Jd. Águas da Serra em Limeira

Igor Sedano / Melhor FM

Na noite desta quinta-feira (21), uma mulher, de 40 anos, foi até o Plantão Policial de Limeira (SP) para registrar um boletim de ocorrência de lesão corporal e ameaça, crimes que aconteceram durante uma entrega que ela realizava naquela mesma noite em uma casa no bairro Jardim Águas da Serra.

Segundo as informações que constam no boletim, a vítima relatou que por volta das 20h30 chegou até o destino da entrega e lá, a filha da pessoa que recebia o produto começou uma discussão devido a demora. Com a discussão instalada, a mãe chegou e, empurrando a vítima, disse que queria o valor do Pix que tinha realizado de volta ou a entrega da encomenda.

A mulher, de 40 anos, contou à Polícia que disse às mulheres que entregaria a encomenda e devolveria o valor também. Porém, naquele momento, mais três mulheres se aproximaram da discussão, junto da mãe e da filha. Uma delas, agarrou a vítima pelo pescoço e a empurrou. Conforme as informações do boletim de ocorrência, a entregadora não soube dizer de quem vieram as agressões físicas e, depois disso, a vítima disse que a mulher mandou ela ir embora, não recebendo a encomenda nem o dinheiro pago.

Cerca de 10 minutos depois, a entregadora começou a receber mensagens ameaçadoras em seu WhatsApp e que eram do marido da mulher que a havia empurrado. Nelas, ele a acusou de que teria ido até sua casa agredir sua esposa. Além disso, ele também a ameaçou, dizendo que iria descobrir onde ela morava, que pegaria o número da placa de seu veículo e que se ele estivesse lá no momento da briga, “ela iria ver”.

A mulher passou pelo pronto atendimento médico e a ficha médica foi anexada no boletim de ocorrência do caso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *