https://melhorfm.com.br/feed/

Homem é preso em chácara que realizava preparação de drogas em Limeira

Reprodução/10º BAEP

Na tarde desta quinta-feira (8), durante um patrulhamento, uma equipe do 10º Batalhão Ações Especiais de Polícia (BAEP) recebeu informações de que no Bairro dos Pires de baixo, em Limeira (SP), estaria havendo uma movimentação estranha  de um veículo Renault Kwid, na cor branca, com uma das laterais amassada, em uma chácara.

Na Via Matim Lutero, os policiais localizaram um veículo com as mesmas características, onde o motorista, ao avistar a viatura, demonstrou atitude suspeita, conforme consta no boletim de ocorrência. 

Quando abordado, foi localizado com ele R$ 199 em notas diversas, um celular e, no assoalho do passageiro, um saco plástico contendo um pacote com 1.000 microtubos vazios, além de um saco de substância branca, parecida com cocaína. Os policiais questionaram-o sobre a chácara e o indivíduo afirmou que havia mais material ilícito no local.

No local foram localizados, na área da churrasqueira, dois tijolos de substância amarelada, parecidas com crack, um liquidificador, bacia, peneira, balança, máquina de selagem e objetos para o embalo. Na cozinha, havia 5 pacotes brancos sem identificação, contendo creatina. Já no quarto da chácara, foram encontrados 15 pacotes transparentes contendo ácido bórico e 40 pacotes de 1.000 microtubos cada.

Também foram apreendidos, em uma transportadora, duas caixas contendo 30.000 microtubos cada e em um estacionamento, dentro de um veículo, mais 54 pacotes de 1.000 microtubos cada.

Confira então o total das apreensões:

  • 1 automóvel
  • 1 celular
  • 1 balança 
  • 1 liquidificador 
  • 1 máquina de selagem 
  • 2 peneiras
  • 158.000 microtubos 
  • 2,071 Kg de crack
  • 1,450 Kg de cocaína 
  • 27,640 Kg de insumos

Conforme informado pelo homem, os insumos eram vendidos a traficantes de Limeira, como quantidade padrão para o refino da cocaína, bem como os pacotes de microtubos.

Sendo assim, foi dada voz de prisão em flagrante ao indivíduo por tráfico de drogas. Ele ainda tentou subornar os policiais, perguntando quanto a equipe queria para liberá-lo, momento que também foi dado voz de prisão por corrupção.

Agora, ele segue à disposição da Justiça.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *