https://melhorfm.com.br/feed/

Dois criminosos morrem após confronto com a PM em Limeira; eles haviam assaltado uma transportadora em Mogi Guaçu

Reprodução: Câmeras de Segurança/Internet

Depois de assaltarem uma transportadora em Mogi Guaçu (SP) na noite da última sexta-feira (15), dois dos quatro criminosos morreram em confronto com a Polícia Militar (PM), outro ficou ferido e um conseguiu fugir em Limeira.

Segundo informações do boletim de ocorrência, por volta das 18h30, os ladrões invadiram a transportadora que fica no bairro Guaçu-Mirim e, armados, levaram dinheiro. Depois, é possível ver pelas imagens de Câmeras de segurança que circulam pelas redes sociais que eles fogem com um veículo Renault Sandero, de cor vermelha. Logo após a ação criminosa, as autoridades policiais da cidade e região foram comunicadas.

Por volta de uma hora depois do crime, em Limeira, uma das equipes da Força Tática da PM flagrou um veículo trafegando em alta velocidade e em ziguezague, no km 96 pela Rodovia Engenheiro João Tosello (SP-147). Os policiais deram ordem de parada, mas o motorista ignorou e prosseguiu com a fuga. Sendo assim, a equipe chamou por reforço e viaturas se mobilizaram para realizar o cerco do veículo.

Conforme consta nas informações fornecidas pela PM, durante a perseguição, o condutor entrou na área urbana de Limeira e dirigiu por várias ruas na contramão.. Os suspeitos arremessaram dinheiro pelas janelas do veículo e só pararam na Rua Arthur Reis, no Jardim Nova Suíça. O motorista fez uma manobra na rua e quatro homens saíram do carro armados e atirando contra os policiais.

No confronto com a PM, três criminosos foram atingidos, enquanto um outro conseguiu fugir. Segundo informações que constam no boletim de ocorrência, Leonardo Godoy Silva, de 19 anos e Wilson Augusto, de 50 anos, morreram no local. O homem que foi baleado, de 30 anos, foi socorrido até a Santa Casa de Limeira, onde permanece internado. As autoridades policiais confirmaram que os três são moradores de Limeira.

O criminoso, de 30 anos, foi questionado pelos policiais enquanto aguardava pelo socorro e acabou confessando que tinha pego apenas uma carona, mas que, durante o percurso, havia escutado eles comentarem que tinham realizado um roubo. Porém, foi dada voz de prisão ao homem antes mesmo do Samu chegar ao local.

Eles portavam armas de calibres .38 e .22 que foram apreendidas. Uma viatura policial recuperou a quantia em dinheiro jogada na rua pelos criminosos, que totalizou no valor de R$ 29.587,00, em espécie. No carro da quadrilha, havia peças de roupas, celulares, máscara preta e tickets de pedágio. Todo o material vai passar por perícia.

A transportadora vítima do caso foi informada dos fatos ocorridos e instruídos a comparecerem na delegacia, em Limeira. Depois, todo o dinheiro e alguns papéis recuperados na apreensão dos criminosos foram devolvidos ao representante da empresa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *